quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

As histórias de amor são ridículas

Passa o tempo e passam as pessoas.

O blog fica, persiste, imutável na sua essência.
Será para sempre o local onde tudo pode ser escrito, relatado, chorado e exorcizado.
Será para sempre um local imune à censura, redoma da minha espontaneidade literária, abrigo do qual jamais abdicarei.

Se me dispo de todos os mecanismo de defesa e me revelo na minha fragilidade gritante então que assim seja, se se cansa quem lê do tom obscuro e melancólico então que pare de ler, que adormeça, que se esqueça do meu nome e de tudo o resto que o embaraça.

Porque todas as histórias de amor são ridículas.

10 comentários:

Thiago disse...

Muito legal o texto.. Realmente o blogger é um lugar inexplicável. A gente deixa pedaços da nossas vida aqui :)

visite:
http://mylosttear.blogspot.com/

VELOSO disse...

Parabens pelo blog e pelos escritos!

clepsidra disse...

Obrigado ;)

***

Thiago disse...

Olá, eu gostei muito dos seus textos. Eu sou ator, e decidi criar um canal no youtube pra declamar poesias, interpretar textos e etc. Se quiser que um dos seus textos sejam interpretados por mim, envie-o para meu e-mail: tiihpancakes@hotmail.com.

fui

Cris disse...

Gostei!
:)

Verânia Aguiar disse...

muito bom :)

tavaresjorgeluiz.blogspot.com disse...

Estou tocado! profundo como a vida, só pode vir de alguêm especial como você...Parabéns.

Pingalouca disse...

Como é bom existirem linguistas como você!
Apenas amei o seu blog e espero que dê uma olhadela no meu...
De blog para blog, um beijo no coração...
Parabéns!!!

clepsidra disse...

Obrigado a todos pelas palavras simpáticas :)

Comove-me saber que existe uma rede de pensamentos que nos aproxima e que se estende da imaginação e das vivências de cada um de nós até ao infinito.

Muitos Beijinhos*

Ursinho de peluche disse...

Não concordo! :) Amar é a melhor coisa do mundo e para que isso seja verdadeiro é preciso despir todos os "pés-atrás" que temos com a vida...